NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

NOTA DE  ESCLARECIMENTO

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Rádio, Televisão Aberta por Assinatura e Publicidade do Estado de Sergipe (STERTS) está acompanhando a polêmica em torno da denúncia feita pelo prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, e o seu secretário de comunicação, Carlos Ferreira, que afirmaram em entrevistas que a prefeitura de Socorro vem sendo vítima de ‘uma emissora’ de rádio e ‘radialistas’ que usam da extorsão para fazerem ‘comunicação’.

Inicialmente, a direção do STERTS esclarece que repudia veementemente qualquer conduta em que são utilizados artifícios ilegais para auferir vantagens de qualquer tipo, inclusive financeira. Para isso, o sindicato possui instancia ética responsável para analisar denúncias dar o encaminhamento que cada caso exige. Quanto à postura da emissora, existem instancias legais, para investigar e punir possíveis crimes.

Mas, diante da gravidade do suposto caso, o Sindicato dos Radialistas de Sergipe, cobra que os denunciantes venham a público apresentar os fatos, para que os órgãos competentes possam, de forma concreta e justa, apurar os tais fatos e garantir o direito ao contraditório.

O STERTS reitera que tal denuncia, por ser genérica, expõe toda uma classe que faz do rádio o seu sacerdócio, honrando o compromisso com a verdade, praticando de forma ética e responsável, o ofício de informar, interagir e entreter a sociedade, atendo-se os fatos e relatando a realidade. Por todas estas razões, reafirmamos, que se faz urgente os denunciantes esclarecerem as denúncias, acionando os órgãos responsáveis para que possíveis atos abusivos e repudiosos não maculem toda a categoria dos radialistas.

 

Aracaju, Se 14 de junho de 2021

 

À DIREÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *